Biografia

Curriculum resumido

gerry11.jpg

Gerry Maretzki – bailarina, coreógrafa, professora.
Formação em Anti–Ginástica com Thèrese Bertherat em Paris, em 1979
Cria a Corpo–Análise em 1980.
Estuda nos EUA com os pioneiros da área somática:
Charlotte Selver – Sensory Awareness, Bonnie B. Cohen – School of Body–Mind–Centering, Robert Hall – Lomi School of Psychotherapy, Emilie Conrad – Continuum, Judith Aston – Aston Patterning,.
Terapia CrânioSacro, 1986 – Somato Emocional Release, 1987, no Upledger Institute, Florida, EUA.
Membro da International Therapist Association

Curriculum completo GERRY MARETZKI

Nascida em Berlim, Alemanha, em 1930, tem nacionalidade brasileira.
1941 – Ingressa para a escola de bailados do Teatro Municipal de São Paulo
1948 – Ingressa para o corpo de baile do Teatro Municipal de São Paulo. Estuda com Halina Biernacka
e Lisel Klostermann
1950 – Viaja para Paris. Estuda com Olga Preobrajenska, Lubov Egorova, Victor Gsovsky, Boris Kniaseff.
1951 – Criação nas Arènes de Lutèce, em Paris de Orféu e Eurídice, musica de Gluck.
1952 – Ballets des Arts Modernes, cia. sediada em Hamburgo, tem como coreógrafos convidados Serge Lifar, Tatiana Gsovsky, Vitaly Ossins.
1953 – 1954 – Danseuse Étoile da Opera de Lyon, França, com direção de Fred Christian.
1955 – Como bailarina convidada dança na Suiça, em Zürich, Basiléia, Luzern, com Jean Deroc, com um repertório de Ballet clássico: “Lago dos Cisnes”, Apolon et Mussagette”, “Aubade”, e outros.
1956 – Espetáculos promovidos pelo Senado de Cultura de Berlim, Alemanha. Tem como partner o bailarino Jean Deroc.
1957 – Visita ao Brasil. Forma o Ballet Paulistano, com o qual se apresenta no Teatro Municipal de São Paulo e no interior. O repertório consta de ballets dançados na Europa com coreografias de Serge Lifar, Paul Goubé, Tatiana Gsovsky.
1958 – Volta a Europa e faz uma temporada no Stadtteater de Luzern , Suiça
1959 – Sob a direção de Fred Stebler e com suas coreografias, cria “Medeia” com música de Samuel Barber, “Mantis Religiosa”, música de Guy Ropartz, e outros
1961 – Se apresenta como artista convidada em Basiléia, Zurique, St.Gallen e outras cidades da Suiça. Festival Internacional de Música de Luzern com participação de Belinda Wright.
1962 –Volta ao Brasil, se apresenta em São Paulo com o Ballet “Medeia”, música de Samuel Barber rendo como partner Décio Otero. Dedica-se ao ensino e a formação de bailarinos profissionais.
1965 – Temporada com William Dollar, no Teatro Municipal do Rio de Janeiro, onde remonta o Ballet “Aubade” de Serge Lifar para Beatriz Consuelo.

gerry2.jpg

1967 – Cria o Ballet D’Aldeia e a Sociedade Amigos da Dança com o incentivo de Pascoal Carlos Magno, mais tarde “Ballet da Radio Ministério de Educação e Cultura”. Espetáculos no Teatro Municipal do Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Ouro Preto e outras cidades. Concertos para Juventude da TV Globo. Coreografa o Ballet “Brasmilda”com música de Edino Krieger, para a Cia. Brasileira de Ballet do Teatro Novo no RJ. Viaja para os EU e trabalha no City Center com Robert Joffrey.
1970 – Cirurgia da coluna mantem-a afastada profissionalmente durante um ano.
1971 – Juntamente com Hector Zaraspe dirige o corpo de baile do Teatro Municipal do Rio de Janeiro. Nesta temporada diversas estrelas do Ballet internacional dançaram como convidados, entre eles Rudolph Nureev dançando Apollon et Mussagette, música de Stravinsky, coreografia de Balanchine.
1972– Viaja para New York e descobre a dança contemporânea no Louis Nikolais Dance Lab. Foi o inicio de uma nova “vida”. Passa a dar aulas integrando aos fundamentos do ballet clássico uma visão contemporânea de dança com a linguagem da escola de Alvin Nikolais.
1975 – Ao fim de três anos de ensino, nasce o “Grupo Construção Teatral de Dança”. Estreia no MAM do Rio de Janeiro com o espetáculo “Pode Uma Bailarina se Chamar Emengarda Vasconcelos Leite” .
Viaja para Nova York para novos estágios no Alvin Nikolais Dance Theater.
1976 – Bill Groves, Rob Exposito, do ANDT são convidados para dançar e ensinar no GCTD. Estreia o espetáculo “Toque I” no teatro João Caetano no RJ.
Em NY estuda com Zena Romett, e Elaine Sommers.
Apresentações do GCTD em pacotes culturais nas escolas publicas do grande Rio e outros eventos.
1977 – Estreia o 3º espetáculo do Grupo Construção Teatral de Dança no teatro Ipanema.
Liz Williamson “master teatcher” como convidada para um curso intensivo de jazz no seu estúdio.
1978 – Nova temporada m NY, estuda com Mercê Cunningham. Viaja para Paris onde freqüenta os grupos de anti-ginastique de Thérèse Bertherat.
1979 – Coreografa as danças do filme “Eu Te Amo” de Arnaldo Jabor com Sonia Braga e Paulo César Pereio.
Cria a Corpo-Análise baseada na sua nova abordagem corporal. Em Paris faz a formação em anti-ginastique com Thérèse Bertherat. Trabalha em Paris simultaneamente com Suze Lallou e Mônica Lapieux.
1980 – Se dedica aos grupos de Corpo-Análise em seu estúdio no Rio de Janeiro. Curso de CA no Recife. Participação no III Ciclo de Dança no Teatro Teresa Raquel. Finaliza a sua formação em Paris com TB, incluindo um seminário de Shiatsu com mestre Masunaga, vegeto-terapia com Frederico Navarro e o método Françoise Mezières.
1982 – Curso de integração estrutural da coluna em Nova York com Irene Dowd.
Palestra no Congresso de psicologia, no congresso de psicomotricidade, palestras na Universidade Fluminense e Estácio de Sá no RJ. Debates no Ciclo Wilhelm Reich no RJ. Palestrante no I Festival da Mulher nas Artes em São Paulo.
1983 – Funda o Centro de Corpo-Análise na rua Redentor, 48 no Rio de Janeiro.
1985 – Seminário no Esalen Institute em Big Sur, CA. Conferencia no Congresso Internacional do Corpo no Hotel Nacional, RJ, sendo responsável pela primeira visita de Thérèse Bertherat ao Brasil nesta ocasião.
1986 – Formação do 1ro. estagio em Crânio-Sacro em NY.
1987 – Convidada para participar do grupo de estudo e pesquiza chamado “Somatics Study Group for Health Professionals” . Coordenado por Don H. Johnson, com seminários trimestrais, durante 2 anos. Integram este grupo: Bonnie Bainbridge Cohen, Robert Hall, Charlotte Selver, Judith Aston, Emily Conrad e Don Johnson.
1988 – Realiza no Rio de Janeiro o congresso internacional “A Construção do Amanhã – O Novo Homem num Mundo em Transformação.
1990 – Funda a Casa do Cosme Velho, que abriga o Instituto Jung do Rio de Janeiro fundado por Walter Boechat. Compreende atendimentos em medicina chinesa com M.C. Duniau alem da CA.
1991-1994 – Atividades integradas como cursos, seminários, formação, palestras, workshops com participação da CA, do Instituto Jung, da medicina chinesa e outros convidados. Criação da News Letter da Casa do Cosme Velho, editada mensalmente.
1995-1996 – Gerry Maretzki e a CA mudam-se para a rua Sambaíba no Leblon, RJ.
Seminário com Bonnie Bainbridge Cohen em Mass. USA, sobre “A evolução neurofisiologica do primeiro ano de vida do bebé”.
1996-1998 – Seminário com Peter Levine e seu método “Somática”, no espaço da CA no Leblon.

Anúncios

Deixe um comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: